Lil’ Cease e Banger contam detalhes das referências por trás do álbum Life After Death do Notorious B.I.G.

O Life After Death do glorioso Notorious B.I.G. parece que vai sair amanhã. O turbilhão feliz do domínio carismático do micróbio de Big e a paisagem sonora pragmática e cinematográfica dos gostos dos produtores Hitmen, DJ Premier, Havoc, RZA e outros, fizeram o álbum duplo ganhador de um certificado de Diamante sem dúvida uma jóia intemporal e um dos mais extraordinários álbuns de hip-hop de todos os tempos. Muitos juram por ele e proclamaram a última oferta total do falecido Frank White como o melhor álbum de rep que já existiu.

Se você é o caso ou não, é difícil negar o gênio de Biggie Smalls. E depois de ler essas histórias nunca antes apresentadas, a apreciação pelo icônico Don do Brooklyn só deverá crescer. Aqui, Lil’ Cease e companheiro e membro da Junior M.A.F.I.A., Banger, dão o conhecimento por trás de algumas das mais conhecidas linhas e personagens de Life After Death. — Shaheem Reid (@ShaememReid) e Ralph Bristout (@RalphieBlackmon)

 

“Somebody’s Gotta Die”

XXL: OK. “My nigga Sing, he used to sling on the 16th floor”. Quem é Sing?

Lil’ Cease: Um conhecido nosso. Ele foi preso duas vezes. Ele cumpriu pena de 12 [anos] para o primeiro [caso] e depois foi preso novamente.

Por quanto tempo ele ficou preso?

Banger: Cerca de um ano e meio. Chegou em casa em 2005-2006.

Então ele estava preso quando o disco saiu?

Banger: Sim.

Cease: Ele cumpriu sua primeira pena. Isso foi como, aos 12 anos.

Banger: Um lance sobre B.I.G., acho que [ele] foi um dos maiores contadores de histórias em toda a história do rep.

Oh, mãos para baixo. Sem dúvidas.

Banger: Seus dois álbuns, são dois filmes.

Alguém chamado “Jason?” Ele diz, “Some kid named Jason, in the Honda station wagon…”

Banger: Sim, Jason — não quero difamar nenhum nigga, mas esse Jason é de Brevoort Houses [no Brooklyn].

E ele tinha o vagão da estação Honda?

Banger: Sim. Jason é um maldito ladrão. Ele está morando em Jersey agora.

Então, você era de boa com ele?

Cease: Sim, ele costumava ficar por aí com o irmão de Bang, Henny Loc.

Banger: É como o mano Loc. B.I.G costumava estar ao redor de seus niggas como se ele estivesse perto de alguém. Um dia Loc estava me falando sobre a música “Everyday Struggle” (do Ready to Die), que o nigga B.I.G. acordou na manhã seguinte e cuspiu toda a música e foi como, “Eu escrevi uma música apenas ouvindo vocês niggas conversando na última noite.”

Cease: Você dizia alguma coisa, B.I.G pegaria isso. Então, muita coisa que ele falou, apenas veio em torno de nós apenas brincando e conversando. Lembro-me de que éramos todos jovens, então, é como se estivéssemos sentados ao lado do corredor, bebendo, contando piadas, e estivéssemos apavorados; aquele nigga estava absorvendo tudo isso em sua cabeça. Qualquer coisa que ele gostava ou pegava, você ouviria quando saíamos juntos.

 

“Hypnotize”

E quanto a “Hypnotize”, “My Detroit players…”

Cease: É onde nós costumávamos pegar os Gators [comprar jaquetas de couro de jacaré].

Banger: Sedas Versace e tudo mais, aquilo era Detroit.

Cease: [Esse cara sabia] que ele tinha o lugar com roupas de altíssima qualidade e os gators (jacarés). É por isso que B.I.G. disse isso.

Banger: “Timbs for the hooligans in Brooklyn.”

Cease: Nigga disse, “Pink gators, my Detroit playas.” É o que eles costumavam dizer lá; “This the town of the playas B.I.G.” É como quando costumávamos ficar sentados, não havia segurança em volta naqueles dias ou nenhum estilista, entrávamos nas lojas como estávamos, livres. Naqueles dias, costumava ser apenas nós saindo da cidade assim, e você não sabe para onde está indo em Detroit, você apenas está lá.

Então, quantos pares de Gators ele costumava comprar?

Cease: Ele costumava ter três ou quatro. Uma vez que sabíamos que íamos voltar lá, B.I.G. ligava [dizendo], “Eu preciso do azul” porque ele costumava sempre vir com algo de gators.

Banger: Gators então é como os ‘Red Bottoms’ são agora, custando mais ou menos $1200. É a mesma merda de uma época diferente. B.I.G. provavelmente estaria agora em alguns fundos vermelhos.

Cease: B.I.G. costumava sempre querer as cores mais loucas. Isso é apenas uma coisa de Detroit, você tem que estar lá para saber, como se você fosse para um evento e precisasse ir bem vestido, com o pessoal lá com os chapéus de vison, casacos de pele, etc. Eles se vestem assim em Detroit. [Posteriormente] nós dividimos os gators com os Wallows, de dois tons.

Quem tinha o “Cherry M3”?

Cease: Ma$e tinha o M3 azul.

Banger: Eles tinham essa parada que era quente em Uptown. Isso era como o mais recente Beemer.

Cease: Jesus Piece foi real. “So I just speak my peace, keep my piece/ Cuban with the Jesus Piece, with my peeps”.

E quando ele diz “I put hoes in NY on to DKNY…”

Cease: Sim, essa é apenas a coisa da moda.

Havia alguém em particular?

Banger: Sim, as prostitutas nos projetos costumavam aparecer com toda essa merda, elas não sabiam o que era. B.I.G. era como, “Coloque esse, aquele e o terceiro” e [meninas] da Filadélfia. Então Tiffany (Charli Baltimore) costumava colar com a gente, e o nigga usava Chanel, Moschino… Esse mano era um fashionista.

Cease: I put hoes on NY onto DKNY/ Miami, D.C. prefer Versace/ All Philly hoes, dough and Moschino/ Every cutie wit a booty bought a Coogi/ Now who’s the real dookie, meaning who’s really the shit.

E quanto ao Lexus? “LX. Four and a half.”

Banger: B.I.G. estava viciado em champanhe na época. Era champanhe [da] Benz, Range, Lex.

Onde era seu condomínio?

Banger: Teaneck.

“Your daughter tied up in a Brooklyn basement.”

Banger: Ele estava falando sobre o caso com as armas, eles correram para a casa em Teaneck. Você sabe que essa merda estava passando por sua cabeça. Aquele cara estava vivendo essa merda.

“Escargot, my car go…” Ele realmente comia escargot?

Cease: [Risos] Nah. B.I.G. costumava falar sobre todos os carros, mas o nigga nem sabia dirigir. Ele não ousaria sentar no banco do motorista.

“Come through, have sex on rugs that’s Persian.” Ele tinha um tapete persa?

Cease: Sim. Ele costumava ter o elevador subir para seu quarto. O tapete ficava no primeiro andar, onde a cozinha e a sala de estar estavam em frente.

Quando vocês ficaram lá, quem morava por lá?

Banger: Jersey? Nós éramos como os primeiros ali. Eu peguei todos os niggas para pegar seus aros, mostrá-los ao redor da cidade, toda essa coisa.

Cease: DJ Clue costumava ir ao ginásio e treinar conosco todos os dias, Prodigy, etc.

 

“Kick in the Door”

“May see me in D.C. at Howard Homecoming/ With my man Capone, dummin’ fucking something.”

Cease: Capone era um membro da [Junior] M.A.F.I.A. Ele costumava ficar sempre bêbado, incomodando.

“…Disrespectful views on the King of N.Y.” Quando ele assistiu pela primeira vez King of New York e chegou a Frank White.

Cease: Nós vimos isso há um tempo atrás. Nós éramos bons com essa coisa de cinema.

Banger: B.I.G. estava doente com essa parada de filmes. Eu me lembro de mim e o nigga quando fomos ao cinema um dia para ver Usual Suspects. Logo depois de mim, ele, Dream [Hampton], e eu acho que D-Roc [fomos ao estúdio] e essa “Somebody’s Gotta Die” — o nigga assistiu todo o filme Usual Suspects, foi até a Daddy’s House e gravou esse som. Eu perguntei como, “De onde você tirou essa música?” Ele costumava assistir filmes e vir com toda a porra da música [ao mesmo tempo]. É por isso que as letras [tendem a ser] fotogênicas, ele assistia filmes e vinha com a música inteira. Essa é uma das jóias mais perigosas de Biggie que apenas niggas como Jay-Z viram isso dele, porque Jay costumava conversar com ele todas as noites. Apenas niggas como Jay-Z sabem disso.

Cease: O último filme que ele viu foi Donnie Brasco. Nós assistimos isso, fomos ao estúdio depois e fizemos o remix de “Benjamins”. Nós fomos ver esse filme em Cali, ele foi morto alguns dias depois.

Ah, é por isso que ele disse essa linha “Make it hard to figure me, liquor be, kickin me in my asshole, uhhh, undercover, Donnie Brasco”.

Cease: Sim. Lembre-se que foi para o álbum de Puffy. Fomos a Cali para terminar o álbum de Puffy, para No Way Out. B.I.G. escreveu a faixa “Victory”, agora quando você ouve o segundo verso onde ele estava “We got the shit mack tight, brass knuckles” agora você vê em certas partes parece que ele está falando fora do seu corpo “I’m the witty one, Frank’s the crook from the Brook” ele escreveu essa rima para Puffy. É por isso que ele conseguiu que Puffy levantasse toda a Bad Boy. “Then it’s to the loot, escaped, in the Coupe/ Break bread, with the ‘Kiss, Peniro, SheekLouch/ Black Rob joined the Mob, it ain’t no replacing him/ Niggas step up, we just Ma$e’n them…” Puffy disse: ‘Yo, eu não entendo o que você está dizendo nesta rima.’ B.I.G. disse tipo, “Puffy, eu tenho você prosperando. Você está escondendo dinheiro em Island, Caymen.” Puffy ficou tipo, “O que é isso? O que isso significa?” [B.I.G. era como] “Isso significa que sua grande quantidade de dinheiro, ela não está aqui.” Veja, os caras não notaram isso. Puffy não quer desperdiçar o verso, então ele apenas deixou B.I.G. manter isso porque B.I.G. morreu. Mas ele escreveu isso diretamente para Puffy.

 

“Fuckin You Tonight”

“Some say the x make the sex, spectacular.”

Cease: Eu tomei minha primeira pílula com esse nigga.

Banger: Eu nem acho que as pessoas estavam prontas para esse E [ecstasy] naquela época, cara.

Cease: Eu tomei uma com Biggie Naquela época, [nós dois] tomamos meia pílula. B.I.G. não queria usar isso. O lance dele era maconha. Eu me lembro de quando nós tomamos, estávamos num clube e eu e B.I.G. dropamos metade. B.I.G. era como, “Yo, você sente essa merda?” Eu estava tipo, ‘Cara, essa merda é fraca. Eu não sinto merda nenhuma.’ B.I.G. foi tipo, “Cara, essa merda é fraca.”

“I know you used to suites at the Parker Meridien…” Esse era o hotel favorito de B.I.G.?

Cease: Sim. O Meridien. Em Cali, Le Montrose, primeiro hotel em que ficamos em Cali.

“Strictly sex that sweaty and leftover spaghetti.” Quem costumava fazer espaguete?

Cease: Biggie

Ele costumava cozinhar espaguete?

Cease: Ele poderia cozinhar seu traseiro. Ele sabia cozinhar rabada.

Ei, qual era o seu prato favorito feito por ele?

Cease: Ele costumava estar em casa, nigga, com seus [cachorro] boxers na cozinha, cigarro de maconha e um cinzeiro, cozinhando. Fazendo a sua própria alimentação, ele era filho único. Ele costumava falar com sua mãe todos os dias no telefone, sobre alguns melhores amigos, esse tipo de coisa.

Então, como era seu famoso prato?

Cease: Muitas vezes, ele gostava de cozinhar ervilhas e arroz e sabia cozinhar frango com molho. Toda vez que estávamos ao redor dele, costumávamos adorar comida jamaicana.

 

“Last Dayz”

“Illegal transactions in Farragut…” São as Farragut Houses no Brooklyn?

Cease: Sim, ele falando sobre as Farragut Houses.

“I Love the Dough”

Vocês estavam realmente jogando cartas no começo de “I Love the Dough”?

Cease: Eu estava no estúdio apenas fazendo o skit, mas costumávamos jogar dados. Você vê imagens de Big jogando dados. Sempre que havia algum repper por perto, Big jogava dados.

Jay-Z também?

Cease: Sim. Isso mesmo.

Banger: Nigga, nós costumávamos se misturar — nós costumávamos apostar no ônibus da turnê com nosso dinheiro, de promoções. Nós costumávamos pagar um ao outro com esse dinheiro.

Cease: O que eles costumavam chamar? Per Diem, usado para receber $50 dólares por dia [e] nós estaríamos sentados lá jogando.

“Popping magnums, while Jigga bag sumthin.” Magnums de champanhe?

Cease: B.I.G. e Dame costumava tirar pó de garrafas de Cristal, como se não fosse nada. Isso era como a pequena coisa que eles tinham. “Você não pode beber mais do que eu, nigga, quantas garrafas você tem? Você tem 3? Eu quero 4… eu quero 5 garrafas, nigga. Pegue as magnums.” Eles voltavam com as magnums de Cristal, essa foi a primeira vez que eu vi essas coisas. Nós costumávamos beber apenas as garrafas regulares [mas] eles estavam trazendo as magnums num grande balde.

Isso é tudo o que costumávamos fazer quando estávamos com eles. Dame e Biggie costumava ter concursos de bebida e costumávamos chamar o casaco de Biggie de “Stink Mink”.

Ah sim.

Cease: Eles voltariam para trás, bebendo garrafas sozinhos. B.I.G. costumava arrasar com esse vison preto e longo e um dia [enquanto bebia contra Dame] ele simplesmente vomitou em seu casaco. Foi aí que Dame começou a chamar casaco de B.I.G. de “Stink Mink”. Toda vez que esbarrávamos com ele, ele sempre perguntava a B.I.G., “Você ainda tem seu visgo fedido?” Big ficava muito com Hov [Jay-Z] embora. É por isso que quando os niggas sempre falam sobre como ele está seguindo as falas de B.I.G., ele pode fazer isso. Esse era o homie de Big. Eu me lembro em Los Angeles, esses niggas se falavam todos os dias ao telefone.

Que tal “Rocks in the beard and mustaches”?

Banger: Essa é a piece. A Jesus Piece.

“Tito smiles every time he sees our faces”

Cease: Tito era o cara. Jacob [o Jeweler] não entrou até depois de B.I.G [falecer].

Quantos “chips” ele perdeu no Lakers?

Banger: Lakers foi eliminado nos playoffs [de 1996], e Shaq fez a música com B.I.G. quando ele estava no Orlando Magic. Mas quando ele foi negociado com o Lakers, acho que Kobe era um novato ou algo assim. B.I.G. foi aumentando Shaq como, “Eu aposto qualquer coisa em Shaq! Esse é o meu nigga! Eu estou apostando nisso!” Ele teve que apostar no Lakers [mas no final] ele perdeu. Você sabe, ele tinha que filmar isso. “Perdemos fichas no Lakers, gastei o Shaq…” Shaq era o homem de B.I.G.

Cease: B.I.G. não era realmente uma cabeça de esportes assim.

Banger: Ele costumava admirar Shaq!

Cease: Essa era parte da merda que fez B.I.G. um cara foda para mim. Há muitas coisas que sei que B.I.G. não estava. Apenas para que você saiba [o que] ele prestou atenção. Ele não era um daqueles malucos que era como, “Ei filho, às 8 horas o Knicks vai jogar, vamos lá em casa e assistir ao jogo.” Ele não era desse tipo. Mas você ouviria certas faixas e pensaria, “Ei, esse nigga deve ter sido um grande cabeça de basquete.” Quer dizer, nós assistíamos aos jogos de vez em quando, mas isso não era realmente interessante [na época]… ele só sabia de certas merdas porque estávamos no mundo do entretenimento.

 

“What’s Beef?”

“Don’t you know my nigga Gutta fucking kidnap kids/ Fuck ’em in the ass and throw ’em over the bridge”

Cease e Banger: Puta merda!

Cease: Isso é apenas uma metáfora. Ele só está te dando a ideia sobre o tipo de nigga que Gutta é. Ele é um tonto.

Banger: Como, naquela época eu não via isso assim, mas agora eu sou como, “Ei, caramba, isso foi sinistro.” Mas na época do hip-hop, quando você estava escrevendo essa merda, como um fã de hip-hop e um estudante de hip-hop, você era ensinado a dizer a merda mais doentia, irada. Porque na hora, antes que ele dissesse isso, Redman estava com a merda do lado negro, dizendo algumas linhas cabulosas.

Cease: Mas não, Gutter não é homossexual.

“I done smoked with the best of them”? Quem foram alguns dos melhores?

Cease: Ele estava falando sobre fumar com Meth, fumar com Pac. Esse tipo de niggas maconheiros. Eles fumaram cerca de cinquenta blunts no estúdio durante “The What”. Nenhuma mentira.

 

“Mo Money, Mo Problems”

OK. “No info for the DEA”, “federal agents, mad cause I’m flagrant.”

Cease: Esse menino estava apenas rimando aleatoriamente. Você sabe que também fomos presos nessa época.

 

“Niggas Bleed”

“Blanco” com certeza é…

Banger: White, Frank White. “Go to room 112, tell ’em Blanco sent ya.” Blanco é branco em espanhol. Diga a eles que White enviou-lhe, diga a eles que Blanco enviou-lhe.

“Let’s get this money baby./ They shady, we get shady/Dress up like ladies and burn ’em with dirty 380’s”

Banger: Isso é real também. Niggas estavam se vestindo como [mulheres] no bairro, aparecendo e pulando de latas de lixo e tudo mais. Aquele nigga Sing [mencionado em “Somebody’s Gotta Die”] estava nessa merda.

Uau.

Banger: Naquela época, niggas ameaçavam a vida de B.I.G. Ele teve que se mudar e tal. Faith disse, “Eles estão colocando cartas debaixo da porta.” Ela teve que se mudar e tudo isso.

Havia alguém chamado “Arizona Ron?”

Cease: Não.

Quem era “Gloria from Astoria?”

Banger: Essa é a garota com Biggie!

Cease: Garota do Bronx que costumávamos dar uns tratos; B.I.G. costumava transar com ela.

Banger: Ela realmente era do Queens, mas vivia no Bronx.

Cease: Eu me lembro quando costumávamos buscá-la nos projetos no Bronx. Eu estava dirigindo aquele 600 [Benz], aquele ouro, aquele champanhe. Costumávamos pegar essa garota às 2 horas da manhã. Ela era sinistra, cara. Bela garota espanhola com uma bela bunda!

 

“I Got a Story to Tell”

Quem era o jogador do New York Knicks?

Banger: [Risos] Nós não vamos chamar meu homem, mas você sabe que B.I.G. estava envolvido com umas garotas dos jogadores do New York Knicks. Isso é loucura, essa garota era sinistra. [Para Cease] Lembrar-se dela, ela foi com a gente para a Carolina do Norte.

Como ela se parece?

Banger: Ela era sinistra. Pele marrom, tinha uma bela bunda, pernas grossas, olhos castanhos. Ela era sinistra, filho.

 

“Notorious Thugs”

“Up in restaurants with mandolins and violins”, quais foram alguns dos seus restaurantes favoritos?

Cease: Nós costumávamos ir a esse ponto, acho que era na 49th e 9th Street, era chamado de Jezabel. Nós costumávamos ir muito lá, comer lá. Era um dos lugares que tinham as cadeiras de balançar e tudo mais. Era um daqueles lugares realmente extravagantes. Costumávamos ir até lá e havia outro local para onde íamos em busca de asas em nosso bairro, ali mesmo em Washington e Dean. Era esse novo restaurante que eles acabaram de montar, colocavam cadeiras lá dentro e decoravam e sentavam-se do lado de fora para comer. Nós costumávamos ir lá apenas para obter as asas e os hambúrgueres. Mas Jezebel, esse era o lugar de B.I.G.

“If you knew, what this game will do to you been in this shit since ’92 look at all the bullshit I been through”, qual foi seu período mais estressante?

Seu período mais estressante, ao lado do lance do ’Pac provavelmente foi com a transição de selo. Quando Puffy foi demitido da Uptown [Records], porque você sabe que naquele minuto ele não tinha um acordo. Então você passou de um acordo, prestes a ter uma carreira próspera para Puffy ser demitido e você não sabe onde você vai parar.

“Fuck a few female stars or two”, atrizes ou cantoras?

Cantoras. [Você sabe] Faith, Kim, elas eram uma repper. Ele conhecia algumas, mas isso estava por trás das portas fechadas. Eu não posso verificá-las. Mas eu, conhecendo B.I.G., meu mano estava dando uma de cafetão. Houve algumas que rastejavam quando ele estava escondido em algum lugar.

“No aspiration to quit the game”. Então ele continuaria fazendo álbuns?

B.I.G. tinha esse plano de fazer cinco álbuns, então ele ia dropar esse e só nos deixaria rodar o jogo depois disso. Ele disse que ia fazer cinco álbuns e ele tinha três títulos para os álbuns antes de qualquer coisa. Ele tinha Ready to Die, ele já tinha Life After Death e depois Born Again. Ele já estava colocando isso em sua cabeça. Ready to Die era como, ‘Eu não dou a mínima.’ Essa merda é de dentro olhando para fora. Life After Death era como, ‘Eu fiz isso. Eu tenho vida. Eu estou do lado de fora olhando para dentro’ e Born Again é apenas o cara do total, totalmente diferente. Começando de novo, não há mais Timberlands, sem casacos de grife. São ternos e malas, é mob, é máfia. Quem sabe o que teria vindo depois de Born Again. Teria se estendido, uma vez que ele começou esse lance da Junior M.A.F.I.A. Ele estava indo da máfia a The Commission comigo, Jay-Z, Charlie Baltimore, ele, Un e Puffy. Quem sabe onde teria ido de lá. É por isso que você vê todas as últimas fotos deles, ele está vestido. Ele estava nos dizendo: “Você não vai mais usar Timbs. Nada dessas merdas. Você está prestes a colocar algumas calças, ternos. Nós vamos lá em alguma coisa de máfia.” Nós entramos lá com malas em alguma Commission da vida real. É por isso que ele começou a falar sobre esse verdadeiro lance de máfia.

“All them niggas I got to fight one”. Já houve alguma rivalidade dentro da [Junior] M.A.F.I.A.?

No The Tunnel, quando B.I.G. estava chegando. Qualquer nigga do Brooklyn estava lá brigando. Alguma situação aconteceu quando estávamos com alguns niggas, D-Roc estava na verdade com o nigga. Nigga disse algo para B.I.G., e eles não deixaram B.I.G. fazer nada. Mas eles não controlaram isso e no minuto em que ele conseguiu algo sobre B.I.G., B.I.G. apenas acenou algo a ele. No minuto em que o nigga viu isso, eu não estava me misturando com todos os niggas que eram do Brooklyn, e esse filho da puta começou a enlouquecer. Não era difícil identificar B.I.G. Esse nigga tinha 1,89m de altura. Ele era alto. O nigga devia ter dito alguma merda gordurosa para B.I.G. Porque você acabou de ver B.I.G. [fazer isso] cara, e uma vez que ele bateu nele, qualquer nigga que estava conosco começou a bater. Roc, Money L, [etc.] foi maior galera. Cada nigga que era do Brooklyn estava batendo. Você provavelmente poderia perguntar a uma pessoa [aleatória] que estava por aí naquele momento, e elas dirão a você.

“Bone and B.I.G., nigga, die slowly”, B.I.G. foi o primeiro cara da Costa Leste a usar esse flow e botar para foder. Ele disse que ia usá-lo?

Nah, essa foi a primeira vez que ele realmente fez isso; quando ele fez essa música, fez todo mundo sair da sala. Ele costumava nunca dizer a ninguém para sair da sala quando ele fazia os vocais. Ele disse tipo, “Tudo o que você tem que fazer, você tem que soar como um presente. Você vai ouvir isso quando eu terminar.” “Eu tenho que afundar com este, eu vou ser rápido.” Nós apenas fomos no salão e ficamos lá e fumamos e 20 minutos depois ele voltou. “Venha aqui e ouça isso.” Provavelmente não teria sido tão impactante se estivéssemos lá para ouvir as linhas; foi uma das rimas mais rápidas que ele fez. Ninguém poderia entrar lá quando ele estava fazendo aquele verso, nem Puffy, eu, ninguém. Ele queria que todos saíssem da sala quando ele fez esse verso. Então, não sabemos quantas vezes ele tentou, quantas vezes ele fez isso. Foi curto e ótimo, e é isso que saiu quando ouvimos essa obra-prima.

 

“Miss U”

“Miss U” é dedicado a O, conte-me um pouco sobre ele.

Essa era o melhor amigo de B.I.G. Antes de todos nós, de mim, Roc, Alex e Tony. Ele foi pego [no caminho]. Ele estava relaxando em alguma loja e alguns caras vieram na parte de trás da loja e atiraram nele quatro vezes em seu peito. Até hoje não sabemos se ele teve uma situação por lá ou se estava de rixa com alguém. E esse era o homem de B.I.G. Ele era um nigga legal. Ele foi o que incentivou B.I.G. a estar nessa merda de música. Dizendo a você: “Meu mano vai estourar.” Ele era um filho da puta agressivo também, no entanto. Ele veio de uma grande família, eles eram uma família bem conhecida no bairro. Ele tinha um monte de irmãos, um monte de tios e todos os filhos da puta eram loucos. Ele era um jovem selvagem. Ele não deixaria ninguém foder com B.I.G., no entanto, em tudo. Esse era mão direita de B.I.G. Estou falando de seu mano. Antes de todos nós viemos esse era o mano dele.

Cujo “Crackhead Kevin?”

Esse era um jovem chefe que costumava estar no nosso caminho. Ele era um jovem traficante, no entanto. Ele estava preso nessa merda como 24, 25 anos de idade. Nos dias que éramos jovens. Hoje em dia você vê esses garotos ficarem viciados em pílulas e cocaína e é quase raro você ver chegar aos 25, 26 anos de idade. Ele era um jovem negro. Ele tinha a nossa idade e estava fodido nessa merda.

E quanto a Drew?

Essa era a parte da história, que era apenas ele preenchendo a história. Para ser honesto, se eu voltar e realmente começar a pensar, B.I.G. estava provavelmente falando sobre alguém do caminho [e estava] apenas usando um nome diferente. Ele fez muito isso. Como com os registros ele falaria sobre alguém ou conversaria sobre uma situação e ele simplesmente mudaria o nome. ‘My nigga C-Roc’, ele realmente fala sobre D-Roc. Ele era assim.

Agora, neste segundo verso, onde ele fala sobre “Older brothers understand” e “baby mother blaming me”, ele ainda estava falando sobre O?

Ele estava falando sobre O, mas essa parte estava apenas adicionando coisa à história. O lance sobre os irmãos e toda essa coisa é tudo real, mas você só está adicionando isso para dar essa sensação. A mesma coisa com filmes, havia partes de seu filme que eram reais, havia alguma merda lá que só fazia a forma do filme. Mesma coisa B.I.G. Só se você estivesse por perto, você saberia que certas coisas sobre as quais ele fala são reais e você saberia certas coisas que estão em forma de filme.

Quem era “Taya”? Ela era alguém que todos conheciam?

Ele está falando sobre outra pessoa. Nós tínhamos as garotas que estavam por perto. Nós crescemos em torno de algumas garotas e elas eram do bairro. Eu acho que ele está falando sobre essa outra garota, mas eu esqueci o nome real dela. Ela era uma dessas grandes doidas que viviam na frente de uma das lojas da Fulton Street. Ela era a única que sempre estaria se metendo com a galera. Sempre havia niggas vindo de outra parte da cidade, fazendo todo tipo de merda. Ela sempre sabia quem tinha a ver com a coisa toda.

 

“Another”

Na introdução de “Another”, Kim e B.I.G. estão realmente discutindo?

Sim. Eles fizeram disso como um interlúdio, mas isso também foi realmente os dois se atacando. Com ele sendo casado com Faith e Kim, a merda de tanto tempo que nós tínhamos chamado eles faziam isso, mas eles estavam sentados lá realmente querendo dizer esse tipo de merda um para o outro porque essa foi uma verdadeira doideira que nós estávamos passando. Era hora de ambos estarem na sessão, ela podia ter uma ideia de que ele está fodendo com ela, mas nós não sabíamos. Ela sabia que essa é a esposa dele, então ela não é. Quando você ouve os interlúdios, soa como apenas um interlúdio, mas isso era realmente uma merda real. Filhos da puta chegam lá com atitudes. A merda costumava ser assim nas sessões, nos aviões, nos ônibus. Nós éramos jovens, não era a nossa situação, éramos jovens. Nós ficamos vertiginosos e rimos sobre isso. Nós estávamos na metade do tempo.

Ele já teve uma garota que o traiu? Muito dessa faixa é sobre uma garota que estava adulando sobre ele.

Tenho certeza que ele fez. Ele provavelmente teve seu compartilhamento de coisas que você conhece naquela época. Nós éramos muito legais e jovens niggas para explorar esse tipo de merda, mas eu tenho certeza que ele experimentou [isso].

Ele conhecia alguém chamada “Paula”?

Nós conhecíamos um monte de Paulas. Era uma gangue de Paulas na época. Não especificamente esse nome, mas houve muitos saltos como esse correndo por aí no caminho.

 

“Going Back to Cali”

Qual foi a primeira coisa que vocês fizeram quando foram para Cali?

Fomos para o estúdio. Primeiro parada direto para o estúdio, fora do avião nem para um hotel ainda. Direto para o estúdio. Daz Dillinger estava lá esperando por nós com uma gangue de erva de Cali. Isso na época em que todo mundo achava que a merda era uma loucura. Ele estava sentado no estúdio com Puffy.

“Screaming Biggie, Biggie, Biggie give me one more chance”

Isso estava em toda parte, apenas a citação que as mulheres costumavam dizer a ele. Você anda até o carro, no shopping você ouve as pessoas gritarem essa merda para ele dos andares. “I love it when you call me B.I.G. poppa.” B.I.G. era essa pessoa superestrela que vivia dizendo isso.

Quem era uma pessoa que veio até você e que você poderia ter sido mais surpresa, que era fã?

Estávamos na Califórnia em frente ao The Westwood Marquis, o último hotel em que estávamos. Na verdade, é chamado de “The W” agora em Los Angeles. Esta mulher tinha cerca de 60 anos, talvez mais velha, e ela passou e viu B.I.G. sentado lá fora e ela chegou nele e perguntou: “Você é aquele repper que fez aquela música chamada ‘Big Poppa’? I love it when you… é você né? Eu amo essa música.” Eu estava sentado lá [então eu] perguntei a ela: “Quantos anos você tem?” Eu esqueci que idade ela disse, mas ela era uma mulher mais velha. Isso foi quando percebi que esse cara é uma superestrela. Se isso teria acontecido em Nova York, o que teria sido diferente, apenas o fato de que estávamos em uma costa completamente diferente e ver essa mulher que sabia quem ele era, eu fiquei tipo “Droga! Esse nigga tem hits por todo lado.”

 

“Nasty Boy”

Tennessee, como foi passar o tempo lá?

Tennessee era legal, mas não era uma verdadeira cidade de destaque para nós. Nossas principais cidades eram Detroit, Chi-town, Miami, claro, e Atlanta, mas nós fodemos em qualquer lugar. B.I.G. provavelmente estava apenas dando um salve.

Havia uma garota Simone?

Sim, tinha uma Simone do meu bairro.

 

“Sky’s the Limit”

Como você se sente, cara, vendo T’yanna na faculdade, na música que ele fala sobre “get my daughter this college plan so she won’t need no man”. Agora, sua filha está realmente na escola.

Não era como se ele estivesse lá para continuar. Mas você conhece a plataforma que ele construiu, agora ela está na faculdade. Claro que isso faz você se sentir bem. Você está vendo o futuro, que ele bateu cerca de 15 anos atrás e nós realmente olhamos agora para seus benefícios, sua estabilidade financeira é o que a colocou na escola.

 

“The Word is Filled”

“When the Remy’s in the system” de “The World Is Filled”, era a sua bebida favorita?

Remy o dia todo, nós costumávamos chapar com Baileys Irish Cream. Eu costumava misturar isso com Don Perignon. Nós costumávamos misturar isso com Baileys. Nós éramos viciados em bebida, filho. Nós costumávamos ficar embriagados mesmo.

 

“My Downfall”

Lembro-me do filme Notorious, B.I.G. foi mostrado recebendo repetidas ameaças de morte pelo telefone, isso realmente estava acontecendo?

Oh sim. Nós recebemos as ligações de ameaças o tempo todo, chamando-nos de ameaçando e tal, às vezes nós costumávamos desligar, às vezes nós costumávamos conversar com o filho da puta, zoar a bunda dele também.

Na faixa, D.Dot estava fazendo a ameaça de morte telefonada ou era uma mensagem gravada de verdade?

Não, isso não era real, isso poderia ter sido Dot, mas as situações eram realmente reais, no entanto. Chegou ao ponto em que estávamos realmente em turnê em Cali — como quando eles mostravam essa parte no telefone, nós ainda estávamos pegando essas merdas. Costumava acontecer muito em casa no telefone de casa em Jersey. Eles costumavam sempre nos ameaçar. É assim que B.I.G. costumava ser, ele ficava tipo, “Palavra, palavra, você vai me matar, palavra, OK, sem dúvida, OK, sem dúvida, eu vou te encontrar então.” Pessoa era como, ‘Eu vou te matar. Eu mato todos vocês, filhos da puta’, e B.I.G. dizia tipo, “OK.”

Quem era o cat mais velho da sua equipe, quando ele mencionou “Old School cats”?

Chico é provavelmente o mais velho de todos nós. E então você tem Un, todos eles eram mais velhos que nós. Hum, seu irmão Just, eles eram todos mais velhos, uns dois anos mais velhos que nós e mais velhos que B.I.G.

 

“Long Kiss Goodnight”

Agora em “Long Kiss Goodnight” me fale sobre essa famosa frase, “When I release, you loose teeth like little Cease…”

Nos envolvemos em um acidente de carro em Jersey, mas começou quando estávamos no Brooklyn, um dia antes, indo a Wendy’s e fumando. Nós enrolamos a erva e fomos a Wendy’s comer algo. Nós não queríamos dirigir, queríamos comer essa merda ali mesmo. Nós estávamos em um desses blocos laterais no centro da cidade, então a polícia veio atrás de nós, e eles queriam revistar nosso carro e um desses policiais estava olhando o carro e viu o cigarro de maconha. Nós tínhamos aberto perto do cinzeiro, mas tínhamos um refrigerante lá, então um daqueles niggas do lado do passageiro enquanto o outro cara conversava, procurando algo no lado do motorista, e disse: “Parece um cigarro de maconha bem ali.” Próxima coisa que eles fizeram foi nos tirar para fora do carro, procuraram, e encontraram um pequeno saco de maconha, e nos prendeu.

Não era nada além de um pequena ocorrência. Quando eles nos deixaram sair da delegacia e eles estavam nos dando o carro de volta, a merda não ligava, então ligamos para o caminhão de reboque para ser rebocado até Jersey. No dia seguinte nós fomos a concessionária, indo adquirir um carro emprestado até que eles consertassem nosso carro, e eles nos enviaram este furgão de alumínio, se parecia com um furgão de contenda, que eles provavelmente só usaram ao redor do lote. Eu estava tipo, “Vocês estão nos dando essa merda?” Eu achando que eles iriam nos dar um caminhão, carro ou algo da Lexus, mas por alguma razão, B.I.G. disse tipo, “Foda-se, dirija, não vai ser por muito tempo.” Eu disse: “Foda-se, o que quer que você diga, meu nigga. Seu chefe.” Nós pulamos nessa merda e no minuto em que saímos e o nigga que nós pegamos o carro, nos levou lá para pegar o carro, ele estava nos mostrando como sair; os freios estavam fodidos, toda essa merda estava fodida no carro, e eu fiquei tipo, “Yo, B.I.G., essa merda não está legal.” Ele foi apenas como, “Pega esse. Nós não vamos conseguir nenhum outro carro”, então nós estávamos indo para a rodovia, você sabe quando você está passando por pedágios e nós estávamos indo para o sul. Eu estava indo em torno desse círculo para ir para o norte em direção ao nosso caminho, e nós estávamos no carro e essa merda ficou fora de controle. Nós não estávamos indo rápido em tudo porque acabamos de sair e essa merda acabou de girar da chuva. Estávamos do lado da estrada e fomos para o fundo. Isso é como B.I.G. machucou sua perna e bati meu rosto no volante e eu fodi como quatro dos meus dentes de baixo naquele acidente, foi assim que eu acabei pegando os dentes de ouro porque eu não quero ter nenhum dente falso. A única maneira que eu poderia salvar meus dentes seria se eu colocar esses aparelhos em volta deles para salvá-los. Mas eu não queria aparelho, então eles eram como se pudéssemos colocar molduras ao redor dele. Eu era muito jovem para andar por aí com uns dentes postiços, então eu preferi colocar algumas molduras em volta dos meus dentes e conseguir algumas frentes. Então é daí que essa merda veio. Isso é o que era foda sobre B.I.G., algumas coisas sobre as quais ele transformava em rep, estavam apenas dentro das coisas, para a família ou para pessoas importantes, uma coisa de equipe.

E quando ele diz “I want my spot back”? Você se sente como se ele estivesse na hora em que ele perdeu seu lugar como o rei?

Não, acho que nunca houve um momento em que ele se sentisse inseguro sobre sua posição. Linhas como essa, eu sinto que faziam parte da parte do rep. Voltando com esse projeto e pensando: você pode fazer isso de novo? Eu quero meu lugar de volta, eu não vou a lugar nenhum, isso apenas se solidificou. No final do dia, ele estava no topo, ninguém mais estava realmente fazendo o que ele estava fazendo naquele momento, tanto quanto qualquer um no leste. Não era uma questão de quem era o melhor naquele ponto.

“When my men bust, you just move with such stamina/ Slugs missed ya, I ain’t mad at cha (we ain’t mad at cha)”. Muitas pessoas pensam que isso partiu dele possivelmente falando sobre ’Pac. Foi isso mesmo?

Não, nada disso. Quero dizer, as pessoas meio que direcionaram isso para Pac com Puffy falando merda na faixa, mais ou menos por causa disso. Ele nunca faria uma música inteira sobre a situação toda com Pac ou, a merda com Nas, mas ele tocaria, ele escreveria linhas para que eles soubessem que ele estava ligado, mas isso não era nem uma dessas linhas assim. Isso foi apenas ele sendo o próprio B.I.G., tendo um senso de humor e sendo cômico. Eu quero dizer essa frase quando ele disse: “If Faith had twins she would probably have two Pacs”, ele estava se divertindo e apenas brincando sobre isso. Um pouco de algo escorregadio, mas eu não acho que não foi nada para Pac.

Que tal, “Heard through the grapevine you got fucked four times”? Alguém em particular?

Oh, isso era apenas ele, apenas rima, isso era apenas umas barras cuspidas.

“Knocking Ma$e shit, basic”. Ele realmente era ligado a Ma$e assim?

Isso aí! Ele trouxe Ma$e para sua primeira apresentação no Apollo. Foi quando Ma$e teve “Only You”. Ele deixou Ma$e sair e executar.

Qual foi a reação?

Essa merda foi ao vivo. A música era bem quente e você tinha o melhor dos melhores trazendo você em sua própria cidade. Sim, Ma$e rasgou esse lance só por aquele verso. Ele estava nessa merda, essa merda o deixou notório. Ele ainda estava vivendo no Harlem naquela época, então você sabe como ele estava se sentindo.

 

“You’re Nobody (Til Somebody Kills You)”

Agora, para a última faixa, “You’re Nobody (Til Somebody Kills You)”. “Spending chips at Mannys, hope you creeps got receipts”. Quem era Manny?

Ninguém sabe sobre Mannys. Isso foi antes de Jacobs, antes de qualquer um que faça jóias hoje. Eles deveriam estar elogiando Manny. Tito foi o homem que fez o Jesus Pieces, isso é como uma peça de hip-hop agora.

“Lay up in Miami with Tamika and Tammy/ Some Creole C-O bitches I met on tour”. Quem eram elas?

Sim, isso foi real. Essa foi uma daquelas garotas sinistras que costumávamos nos envolver e foi a primeira vez que começamos com algumas vadias do dinheiro. Todas essas coisas… Donna Karan, Versace, andando por aí de [Mercedes] Benz e elas estavam ligadas a isso, costumavam vir no estilo. Nós costumávamos tê-las no carro lá fora.

O que ela fez? Ela era sobre essa vida?

[Risos] Sim, ou alguns dos niggas com quem ela estava se envolvendo era sobre essa vida. Ela estava vindo para Nova York e tudo pagando seus próprios vôos, não queria nada além de B.I.G., apenas amava aquele nigga. Isso foi B.I.G. naquela hora. Eles costumavam voar para fora, sair, ficar na 5th Avenue, sair para a 5th e ainda fazer compras, fazer uma viagem para Miami.

“Dark skinned Jermaine”, ele era um personagem fictício?

Sim, isso foi apenas uma merda de história.

Lorraine viciada.

Sim, nós tivemos uma viciada em crack chamada Lorraine, no entanto. Sim, cara. Ela ainda está por perto.

Ela ainda é uma viciada em crack?

Yeah. cara. Eu só a vi no outro dia. Eu estava conversando com alguém sobre isso no outro dia, e é uma loucura como eles podem ser viciados em drogas e ficar aqui para sempre, quero dizer, ela está lá fora e é para isso que eu costumava vender quando eu era jovem, e ela ainda lá fora, pedindo dois dólares. Nós a chamamos de Renegade, porque há filhos da puta lá fora cuidando de si mesmos, ou jovens niggas morrendo por causa de uma merda desconhecida. Então, tem sido uma boa corrida de 20 anos fumando crack e você ainda está lá fora, ainda se movendo por aí pedindo aos niggas dois dólares.

É como as pessoas morrem à esquerda e à direita e aqui eu conheço uma pessoa que vive 20 anos, ainda andando por aí.

Sem overdoses.

Ainda chapada, andando por aqui, andando, sem perder um olho, perna, dedo. Renegade, é disso que B.I.G. costumava chamá-la, porque ela está viciada desde que B.I.G. estava lá fora, na correria. Antes da música, todo mundo ficava tipo “Vem cá, Renegade.” Nós costumávamos zoá-la. Eu a vi há um tempo atrás. Para ser honesto, eu fiquei feliz em vê-la. Eu fiquei tipo “Droga, Renegade! Você está por aí há muito tempo. Você ainda está viva?”

 

 

Fonte: XXL Magazine

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s