Resenha: Kyan, ‘Mandrake’

Quando uma pessoa é escolhida para brilhar nada pode ofuscar seu brilho. E como disse Filipe Ret em sua magistral faixa “Isso Que é Vida”, do seu disco Revel, “Só quem se arrisca merece viver o extraordinário.” E o Kyan arriscou! Ele deu seu primeiro passo no mundo do rep e rapidamente alcançou não o #1 da Billboard, mas sim o carinho do público e uma atenção especial ao postar o single-videoclipe de “Mandrake” no YouTube.

Diretamente da Baixada Santista, São Paulo, a estrela do Kyan brilhou. Chegando com os dois pés na porta ele trouxe autenticidade e visão. Uma estréia com muito vigor. Uma estréia, digamos, em alto nível.

 

O título

Mandrake, o Mágico, é um personagem criado em 1934 por Lee Falk (também autor do Fantasma). Falk encarregou o desenhista Phil Davis do desenho de suas histórias. Mandrake era um ilusionista que se valia de uma impossível técnica de hipnose instantânea, aplicada com os olhos e gestos das mãos, e de poderes telepatas. Quando o narrador informava que ele executava seu gesto hipnótico, a arma do vilão se transformava em um buquê de rosas ou numa pomba. (Fonte: Wikipedia)

Aqui, no entanto, o Mandrake é o Kyan. O personagem de 1934 serviu de inspiração para o de 2019.

Mandrake, o Kyan é um artista que usa seu talento para atrair pessoas para sua música com uma possível técnica de atração instantânea, aplicada com a malandragem e habilidade e (nos videoclipes) gestos das mãos, e de poderes persuasivos com sua arte. Ele distribui autenticidade para expandir sua vivacidade sem precisar roubar o flow de ninguém. Ele não poupa palavras e larga sua rajada de rimas venenosas diante de um estande que se sente privilegiado toda vez que ele chega para gravar.

 

Características

Ambientado em 2019, a realidade nos mostra Kyan elegantemente vestido em finos panos e usando boné da Lacoste, iPhone e um copão na mão. Morando na Baixada Santista, quebrada de responsa situada em São Paulo, ele combate os haters usando a hipnose como arma. Ele vive rodeado de amizades que fecham à vera e estão ali para encarar o problema de frente.

 

Observações finais

Sendo esse seu primeiro videoclipe, foi lançado no YouTube no dia 7 de Novembro de 2019 e rapidamente passou dos 800.000 acessos alguns dias após completar um mês. Ele convocou sua rapaziada para dar uma riqueza no registro, e provou que tem munição de sobra para ser mais um artista respeitado dentro de uma cena que vem crescendo cada dia mais.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s